E-mail

contato@devotosdesantoantonio.com

NOSSA SENHORA DAS ANGÚSTIAS


.

.

HISTÓRIA

.

Em uma igreja, a imagem de Nossa Senhora estava sorridente. Naquele momento, uma missa estava sendo celebrada, ela foi interrompida com a voz que saia da imagem de Nossa Senhora que não estava mais sorrindo, mas estava chorando. Ela dizia que algumas pessoas que não acreditavam em seu Filho amado, renovavam o seu sacrifício Dele naquele exato momento, e que isso a deixava muito angustiada, pediu que fossem no lugar aonde se encontrava essas pessoas e falar para elas sobre o sofrimento que revestia a Imagem da Imaculada por causa dessas ações. O sacerdote disse que iria castigar os pecadores por isso, mas Nossa Senhora disse que não é castigando que iria evitar o suplício de vosso Filho. O sacerdote foi na tal casa dos pagãos acompanhado por alguns fiéis da igreja, chegando lá encontrou um grupo de homens que bebiam, comiam e sorriam ao mesmo tempo, no chão havia um boneco de cera semelhante á Cristo, eles brincavam de prega – lo numa cruz. Quando o padre e os fiéis presenciaram essa cena ficaram escandalizados, o padre ordenou que para se com aquela covardia, os pagãos quase foram espancados pelos os fiéis mas o padre impediu – lhes e lembrou – os as palavras da Virgem Maria. O padre disse para os pagãos sobre o sofrimento de Nossa Senhora, eles não acreditaram nas palavras do padre e ordenou á ele e os fiéis para saírem daquele local para eles continuarem o que estavam fazendo. O padre propôs para eles que fossem até a igreja e vissem a Imagem, alguns deles á conhecia. Chegando lá, eles depararam com a Imagem de Nossa Senhora das Angústias e se arrependeram de tudo dizendo: “Nossa Senhora das Angústias, rogai por nós!”

.

ORAÇÃO

.

Ó Virgem Maria, Mãe dolorosa, mais afligida que todas as mulheres do mundo, prostrado aos Vossos pés, suplico, por Vossas dores e as de Vosso Amado Filho Crucificado, que me alcanceis o perdão dos meus pecados, a graça de não mais cometê-los e o favor que ora Vos peço, o qual não me negareis, ó Mãe Angustiadíssima (fazer o pedido).
E, para melhor comover o Vosso coração, invoco o Vosso amparo com as palavras que se valeu o Vosso Filho, ao encomendar-nos a Vossa maternal piedade, dizendo-Vos:
“Mãe, aqui está o Vosso filho”.
Atendei-me, ó Nossa Senhora das Angústias, por Vossas sete dores, cobrindo a minha aflição com o Vosso manto de clemência. Assim seja!

Publicações recomendadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *